KLEBER BOELTER » Artecola 55 anosUm sonho que venceu o tempo

Artecola 55 anos
Um sonho que venceu o tempo

Por Kleber Boelter, 13 de janeiro de 2010 18:10

A maioria dos livros sobre histórias empresariais possui uma linha mestra comum: ou se concentra na evolução cronológica da organização, registrando os fatos mais relevantes em linguagem jornalística, ou se fixa na figura de seu fundador como um elemento básico e essencial. O livro Artecola 55 anos – Um sonho que venceu o tempo optou por um caminho diferente.

Partindo da crença de que uma empresa é um organismo vivo, ela possui seu próprio metabolismo basal e sua cultura particular, desenvolvida ao longo de gerações. Mas nem esse metabolismo, nem os valores que ela adota como pilares de seu progresso, surgem do nada. Eles são, na verdade, fruto do que o autor chama de “dimensão humana” da organização, o resultado da interação de todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, dão vida à empresa, como células individuais interligadas, formando um organismo maior e mais complexo.

Por isso, as decisões empresariais não são apenas soluções racionais surgidas da análise interna de suas forças e fraquezas e do ambiente externo, com suas ameaças e oportunidades. Elas são, também, o resultado de sonhos e objetivos individuais, a participação e contribuição de cada célula particular na composição desse ser complexo e fascinante que é uma empresa. Principalmente, uma empresa de sucesso.

Como um corpo guiado por seu cérebro, a principal influência nos valores e nos rumos de uma organização parte de seus líderes. O sonho inicial do fundador é a chama primeira, a centelha que transforma uma simples idéia cheia de fantasias em um projeto. E, a partir daí, numa estrutura concreta, com paredes, máquinas, matérias-primas e, mais importante, gente. Mas, antes mesmo de sentar o primeiro tijolo ou comprar a primeira máquina, o fundador sofre influências da família, de amigos que serão futuros funcionários, de clientes, fornecedores e concorrentes em potencial.

Esse foi o desafio desse livro: relatar a história de sucesso empresarial da Artecola, suas estratégias e principais decisões. E, ao mesmo tempo, resgatar essa dimensão humana, desde seu fundador, Francisco Xavier, passando por três gerações de homens e mulheres que compartilharam sonhos e projetos; que, com seu trabalho, deram rumo, solidez e crescimento vigoroso para a Artecola.

E que, através desse organismo extraordinário que é uma empresa de sucesso, deram sua parcela de contribuição na construção de uma sociedade mais rica e mais justa.

O autor

Comentários estão bloqueados

Panorama Theme by Themocracy